Grupo Sansey

Veja também:

Shows Internacionais

Oka Shiro

O cantor Oka Shiro é o único discípulo do cantor Oka Haruo, mestre no estilo "enka", falecido em 1975. Todos os ensinamentos e técnicas da música foram adquiridos do mestre Oka Haruo de 1966 a 1969. Oka Shiro herdou o nome do mestre e foi lançado profissionalmente em 1975.

É considerado um dos mais tradicionais cantores do Japão e interpreta músicas tradicionais (enka) e folclóricas, de sua autoria e de outros compositores, que falam dos costumes e sentimentos do povo japonês. Realiza shows e também se dedica a apresentações beneficentes.

 Em 1987, Oka Shiro fez sua 1ª. Turnê Beneficente "Oka Shiro Charity Concert in Brasil", nas cidades de Maringá, Presidente Prudente, Bastos, Santos e São Paulo. Neste mesmo ano recebeu o prêmio "Chave de Ouro" da cidade de São Paulo. O cantor voltou novamente ao Brasil para turnês beneficentes nos anos de 1989, 1991, 1996, 1997, 2002, 2007, 2009 e 2010. A 5ª. Turnê Beneficente, realizada em 1997 com o nome de "Oka Shiro Charity Concert - 10 anos”, foi organizada pelo Grupo Sansey, e passou pelas cidades de Londrina, Apucarana, Maringá, Assis e Ourinhos.

 

Kazufumi Miyazawa

 O cantor japonês Kazufumi Miyazawa abriu sua turnê pela América Latina com um show em Londrina no Teatro Ouro Verde, promovido pelo Grupo Sansey. Apesar de pouco conhecido pelo público brasileiro, o cantor construiu uma sólida carreira no Japão, através da banda pop "The Boom". A canção mais famosa de banda, "Shima Uta", composta pelo próprio Miyazawa, vendeu mais de 1,5 milhão de cópias só no Japão, além de receber inúmeras regravações.

Em carreira solo, o japonês já lançou quatro álbuns, três deles com canções em português, compostas em parceria com Carlinhos Brown, Lenine, Davi Moraes, Pedro Luís, Max de Castro e Moreno Veloso, entre outros. Apesar de realizar turnês também pela Europa, e de estar fortalecendo seus contatos com os países americanos, é com o Brasil que Miyazawa nutre um contato mais constante, somando mais de 20 visitas.

 

Wadaiko Yamato (Taiko - Japão)

 Em 1998, o Grupo Sansey trouxe o grupo de taiko japonês Wadaiko Yamato com apresentação única no Teatro Ouro Verde. O show contou com um público de mais 1.000 pessoas.

 

Graciela Susana e Sandra Alonso

 O Grupo Sansey trouxe para Londrina a dupla argentina Graciela Susana e Sandra Alonso, em apresentação única na sede da ACEL. A cantora Graciela Susana fez muito sucesso no Japão com a música "Adoro".

 

Márcia Nishie

Em 1986 Márcia Nishie conquistou o Grande Prêmio da Canção Japonesa no Brasil - Gaikokujin Kayo Taisho e obteve o reconhecimento do maestro Inomata Kosho que se tornou o seu principal mestre no Japão. Márcia gravou diversos discos chegando a apresentar-se, em 1991 no Kohaku Utagassen com a música "Furimukeba Yokohama", ao lado do cantor Hashi Yukio, numa transmissão direta de São Paulo. Além do show em Tokyo teve apresentações do exterior como Nova York, Alemanha e Coréia do Sul além do Brasil.

Em 1990, o Grupo Sansey trouxe para Londrina, um show com a cantora Márcia Nishie através do empresário Eduardo Sakamoto de São Paulo. O show foi realizado na ACEL para 1.500 pessoas. Sucesso absoluto. Após aparição no programa "Fantástico" da Rede Globo, ficou conhecida no Brasil todo.  

 

Minoru Yamada

 O cantor japonês Minoru Yamada, realizou uma Turnê Beneficente no Brasil, promovida pelo Grupo Sansey em parceria com a Associação Internacional de Filantropia em Benefício dos Países do Terceiro Mundo, através da Professora Toshiko Okuda do Japão. O show foi realizado na ACROL para 600 pessoas.

 

Masaki Hajime

Masaki Hajime, atualmente reside em Tokyo aonde se mudou na década de 80 para tentar a carreira artística. Nasceu na cidade de Abira, em Hokkaido, iniciou a carreira colecionando vitórias em concursos amadores. O seu primeiro CD foi lançado em 1999, e o lançamento do terceiro CD em 2005, marcou a nova fase de sucesso. O cantor japonês Masaki Hajime esteve no Brasil pela primeira vez, em fevereiro de 2008, por ocasião dos Festejos do Centenário da Imigração Japonesa, especificamente no Festival Yukidaruma, para um público de milhares pessoas, no Centro de Intercâmbio Brasil-Hokkaido.

 Masaki Hajime realizou uma turnê de shows no Brasil em 2011, cantando suas musicas e outros sucessos no estilo enka e new enka da musica japonesa. O cantor agradou a todos por onde se apresentou da primeira vez, e este sucesso inesperado fez com que retornasse logo ao Brasil para uma série de apresentações que incluíram cidades como Belém, São Paulo, Mogi das Cruzes e Arujá.