Grupo Sansey

Veja também:

Yosakoi Soran

O Grupo Sansey oferece aulas de Yosakoi Soran para todas as idades!

Turma Iniciante: terça e quinta-feira, das 18:30h às 19:30h

Turma Avançada: terça e quinta-feira, das 19:30h às 21:00h

Turma Kids (6 a 10 anos): sábado, das 14:00h às 15:30h

 

O Yosakoi Soran no Grupo Sansey

A dança começou a ser difundida no Brasil a partir de 2003 sob a iniciativa do empresário japonês Hideaki Iijima, da rede Soho de Cabeleireiros. Em suas duas primeiras edições na cidade de São Paulo, o Festival Yosakoi Soran Brasil foi realizado ao ar livre, sendo a primeira nas ruas do tradicional bairro da Liberdade e na sede do Bunkyo - Sociedade Brasileira da Cultura Japonesa.

A segunda edição aconteceu no Ginásio e no Parque do Ibirapuera, mas a partir da terceira edição, em 2005, o Festival passou a ser realizado na casa de shows Via Funchal, tendo sempre um público aproximado de 5 mil pessoas. Desde então, o Festival Yosakoi Soran Brasil é realizado anualmente, com premiações nas categorias Juvenil, Adulto e Master. O prêmio máximo - Grand Prix - vai para o grupo que tiver uma pontuação acima de todos os outros grupos nas duas categorias.

O Yosakoi Soran teve início no Grupo Sansey graças à iniciativa do Professor Satoru Tanikawa do Japão, que trouxe para Londrina a dança contemporânea japonesa, em 2003. Através de uma fita de vídeo cedida pelo professor Tanikawa, membros do Grupo Sansey começaram a aprender e a praticar a coreografia "Dokkoisho" de Yosakoi Soran, criando a primeira turma de dançarinos. No primeiro Londrina Matsuri - Festival Japonês na Praça Nishinomiya, em setembro de 2003, o Grupo Sansey apresentou pela primeira vez o Yosakoi Soran, com a música "Yosakoi - Soran Baião", com letra de Mity Shiroma e Shizuo Furukawa e composição de autoria de Marcos Tureta, enfatiza a cultura Japonesa integrada à cultura genuinamente brasileira.

A partir de 2005 começou a participar do Festival Brasileiro de Yosakoi Soran, consagrando-se campeão máximo em sua primeira participação. Atualmente o grupo é octacampeão brasileiro do Festival, levando o Grand Prix nos anos de 2005, 2006, 2007, 2009, 2010, 2011, 2014 e 2015.

Em 2008, na época tricampeão do festival brasileiro, o Grupo Sansey foi convidado a participar do 17º Festival Yosakoi Soran, em Sapporo, no Japão, como grupo convidado. É a primeira vez, em 17 anos do festival japonês, que uma equipe brasileira participa do evento. Em 2012, o grupo hexacampeão brasileiro voltou ao festival mas como primeiro grupo estrangeiro competidor a participar do festival, em sua 21ª edição.

 

Sobre o Yosakoi Soran

O Yosakoi Soran é uma dança contemporânea japonesa que surgiu como resultado da união do Yosakoi Bushi, uma dança característica da província de Kochi, com outra dança típica de Hokkaido, o Soran Bushi. Tem como principais características a alegria, a energia, a força nos movimentos, utilização do "narukô", tradicional chocalho japonês, e o refrão do Soran Bushi tocado durante a música.

O Yosakoi Bushi é uma canção tradicional japonesa da província de Kochi, no sul do Japão, sobre o amor secreto entre um monge e uma mulher. Em 1954, um bairro comercial de Kochi criou um festival com o objetivo de estimular a economia local, onde as pessoas pudessem dançar ao ritmo do Yosakoi Bushi. Para diferenciá-lo de outros festivais, eles tiveram a ideia de usar o “narukô”, chocalhos usados para espantar pássaros que vinham às plantações[1].

Em 1991, alguns jovens de Hokkaido, ilha ao norte do arquipélago, foram passar um feriado na província de Kochi e lá conheceram o festival e o Yosakoi Bushi. Encantados com seu o ritmo e seus passos, os jovens de Hokkaido decidiram fundi-lo com o Soran Bushi, outra dança tradicional japonesa, típica de Hokkaido. O Soran Bushi é uma dança enérgica, que homenageia os pescadores do norte do Japão, com movimentos inspirados na atividade pesqueira, incentivando os dançarinos que interpretam os pescadoresa ir à luta contra o mar. O resultado desta fusão foi o Yosakoi Soran, uma dança vibrante e envolvente, que exige força e velocidade de seus participantes[2].

Em 13 e 14 de Junho de 1992 foi realizado o 1° Festival Yosakoi Soran com 10 times, 1.000 dançarinos e 20.000 assistentes, em Hokkaido, e rapidamente conquistou adeptos por todo o país. Hoje, o Festival de Yosakoi Soran é o principal evento de verão de Hokkaido, reunindo mais de 375 equipes com mais de 40 mil dançarinos na capital Sapporo. Conhecido como o "Carnaval Japonês", o Yosakoi Soran Festival acontece todos os anos na cidade de Sapporo, província de Hokkaido, conta com um público de aproximadamente 2 milhões de pessoas e gera um impacto na economia local de cerca de 49 milhões de reais. O Festival dura 5 dias e suas apresentações acontecem em mais de 21 palcos espalhados por toda a cidade de Sapporo, a maioria deles ao ar livre.

Por ser uma dança muito apreciada pelos jovens do país, as coreografias receberam uma configuração contemporânea. Apesar de se basearem nas formas tradicionais do Yosakoi Bushi e do Soran Bushi, surgiram novos arranjos, misturando instrumentos típicos japoneses a guitarras, baterias e teclado, com compasso mais acelerado e ritmos contemporâneos, como pop, rock e até hip-hop. Tal atualização de duas tradições fundidas numa só dança agradou os jovens no Japão e deu vida a antigas manifestações de cultura popular.

 


[1] YOSAKOI Soran: Uma dança, muitas culturas. Portal NippoBrasil Online. Disponível em: http://www.nippo-brasil.com.br/especial/519.shtml. Acesso em 5 de março de 2014. 

[2] FESTIVAL. Associação Yosakoi Soran Brasil. Disponível em: http://www.yosakoisoran.org.br/festival. Acesso em 5 de março de 2014.


 

COLETÂNEA YOSAKOI SORAN DO GRUPO SANSEY

2005: Yosakoi Baião
(apresentação especial no 6º Festival Yosakoi Soran Brasil, em 2008)
 
2006: Asas dos Sonhos
(apresentação especial no 6º Festival Yosakoi Soran Brasil, em 2008)
 
2007: Ventos de Outono
 
2008: Ventos de Outono – Apresentação Japão
(apresentação especial no 6º Festival Yosakoi Soran Brasil, em 2008)
 
2009: Encontro das Estrelas
 
2010: Gratidão
 
2011: Alegria
 
2012: Gratidão - Apresentação Japão
Versão palco:
 
Versão rua:
 
 
2013: Kita no Hoshi
 
2014: Fukkatsu
 
2015: Sansey Monogatari